BROTHERS & SISTERS – A Righteous Kiss (5×04). Rebecca diz adeus…

‘As vezes é dificil analisar certos episódios. Nem sempre a série segue a idéia que se propôs, por vezes é necessário alterações no rumo da trama devido a mudanças no elenco. Um casal criado para ser o casal desde o inicio ou destinado a ficarem juntos acabam tendo que ser separados e cria-se a tentativa de fazer o telespectador aceitar isso, abandonar a idéia inicial e absolver uma nova. Sejamos francos que na vida real nem todo grande amor ou primeiro namoro ou segundo é com quem você ficara. Com o tempo você pode seguir outros caminhos e aquele amor se tornar uma parte de você apenas, do seu passado. Mas no universo dos seriados, geralmente criam-se casais e por mais que os separem a cada temporada, acabam destinados a no final ficarem juntos. Mas há fatores externos como elenco e o que eles chamam de “alterações criativas” que as vezes soam como desculpa para cortar custos ou atores. Em Brothers & Sisters decisões criativas somadas a decisão de uma atriz em abandonar a série fizeram com que novos rumos fossem tomados e em “ A righteous kiss ” nos despedimos de Rebecca que na série finalmente deu seu grito de independência após uma temporada 4 totalmente submissa a Justin.

 

Rebecca surgiu como possível irmã dos Walkers e então não era a tal irmã e virou namorada de Justin. Confesso que sempre gostei do casal e torci por ambos, mesmo Justin me irritando profundamente. O problema é que todo personagem que entra em BS para fazer par romântico acaba ficando apagado com o tempo, porque a série se foca demais nos 5 irmãos. Com Rebecca não foi diferente. Após as temporadas 1 e 2, excelentes, nas quais a trama de Rebecca movimentou a série e deu a cara que aprendemos a conhecer e conviver de BS, acabou sumindo aos poucos, ate chegar a uma temporada 4 descaracterizada e se despedir de vez na temporada 5. Eu não poderia ficar mais feliz pela grande atriz que optou em não renovar seu contrato e seguir outro caminho. Logicamente que sentirei falta dela na tv, mas uma atriz como ela merecia um personagem melhor e que não fosse negligenciado como foi.

 

O episódio que encerra o ciclo de Rebecca traz a trama de Holly e a dura verdade sobre sua mãe não lembrar-se da filha e pior, a presença da filha causar mais danos a Holly a ponto de Rebecca ter que evitar ver a mãe. Em 1 ano após o acidente ela viu Holly duas vezes e pensem viver assim. Somem a isso um marido ausente que vai para a guerra. A principio a série mostrou um Justin renovado, mais maduro e adulto lutando por Rebecca e ela com o pé atrás e não confiando nele. O problema disso foi que pareceu que ela que era a chata ou errada por não dar uma chance a ele, já que aparentemente ele voltou um “doce” para casa, todo perfeitinho. Mas após tudo que ela passou com ele, entendo perfeitamente a sua negação em aceitá-lo de volta. Ela entendeu demais na temporada passada quando lembro bem de pedir por um grito dela dando um basta nos chiliques dele. Dessa vez ela percebeu que é hora de ir embora, tentar uma nova carreira, oportunidade e desistir dessa “luta” com Justin. Triste, mas real e aceitável. Tudo bem que as fotos foram sempre um hobby e não um trabalho e do nada um portfolio abre as portas para um novo mundo a ela em NY. Mas enfim, foi o que a série criou, porém o mais triste foi ver Rebecca indo embora sabendo que sua presença prejudicava sua mãe e indo embora sabendo que ainda não era lembrada como filha. Um ano sofrendo sozinha sem o apoio do marido sem duvida afetou muito as decisões de Rebecca.

 

 

Mas o episódio foi belo. Foi justo. A cena entre Rebecca e Nora foi uma cena que há tempos precisava ser mostrada, as duas quase não faziam mais cenas juntas, o que era um erro. Mas houve a redenção numa cena bela onde Becca diz que Nora foi como uma mãe para ela. É quando ela conta que há a oportunidade em NY e toda a questão com Justin. E que grande cena porque por baixo de qualquer fala, nós temos duas mulheres, Nora que levou anos e anos para se alto descobrir e começar a fazer sozinha as coisas das quais ela precisava para se realizar pessoalmente e Becca, que agora segue os mesmos passos de Nora, de auto descobrimento, porem bem mais cedo que Nora. Belissima cena.

 

E também tivemos o adeus apaixonado de Becca e Justin. Aqui no Brasil o casal é um dos mais odiados, especialmente por não gostarem de Becca. Nos EUA, eles eram o casal queridinho da série, a ponto de em diversos sites e blogs, fãs estarem pedindo o retorno de Becca a série e que o motivo maior de verem a série, era por Justin e Becca e a torcida pelo casal, a química entre os dois. E a despedida foi linda, os dois falando que se amam mas que ela precisava procurar seu próprio caminho, assim como Justin o fez ao ir para o Afeganistão e voltar crescido. Agora é a vez dela, no meu entender, Justin pediu por isso, ele se afastou e deu tempo suficiente para Becca pensar nela e em sua vida. Justin conseguiu isso, perder Becca.

 

E grandiosa e triste foi a cena entre Becca e Holly quando falam sobre o passado, e a série explica grande motivo de Becca não ter aceitado bem Justin ter ido a guerra, já que sua mãe viveu isso no passado e perdeu o marido na guerra. Logo foi algo difícil de Becca vivenciar sozinha, ainda mais sem a mãe presente. Linda cena e triste quando depois de todas as lembranças Holly ainda dizer que não sente nada em relação a Becca. Que triste partida, que triste razão para ir embora.

 

O episódio ainda trouxe  o inicio da relação de Kitty com um novo cara, Sarah chata com as questões sobre Cooper e Saul e sua relação ou quase relação abordando sua doença. Mas as trocentas cenas de Kitty, Kevin, Sarah em seus celulares continuam chatas e Kitty cada vez que abre a boca se torna ainda pior, nem valem menção. Vocês sabem, Rebecca está indo e eu junto com ela, pois também estou deixando BS para trás.

 

E há tempos, acho que desde a temporada 3, BS não me emocionava e hoje o fez muito bem. A cena de adeus de Becca e Justin afirmando seu amor e se entendendo sobre os caminhos a seguir foi linda, regada a Shakespeare e remetendo a tudo que um dia eles foram, mas que hoje eles sabem que não são mais e não há como voltar no tempo. Não deu para não chorar, uma vez que tanto torci e me emocionei com esse casal. E a cena final ao som de Natasha Alexander com Find Love, onde Becca vê seu pai e sua mãe no hospital e tira uma foto de recordação e sai andando, se afastando, foi algo perfeito, lindo. Há tempos BS não me emocionava assim. Apesar do sonho da carreira e de estar indo atrás disso, a saída de Becca não pareceu um final feliz, esquecida pela mãe e deixando um amor tão forte para trás, não tinha como ser algo tão bom e um belo final para a personagem. Foi triste.

 

Voltando as decisões criativas, não sei se foi apenas decisão da atriz como ela disse ao não renovar o contrato ou se pesou decisão do canal e dos roteiristas em encerrar a personagem. Não sei ao certo a verdade sobre os bastidores. A atriz namorou Justin na vida real e hoje ele está noivo ou casado com outra atriz, que por sinal, será seu novo par romântico na série. Estranho não é? Mas após uma despedida tão linda dos dois, prefiro acreditar que o casal sempre foi importante e uma escolha de roteiro da série e que com a decisão de Emily, precisou ser encerrado. Se ela ficasse na série, eles poderiam achar uma forma de aproximar o casal e fazerem eles superarem mais essa dificuldade, mas fatores externos mudaram o rumo. Quem sabe ela volte um dia, grávida de Justin e não reatam? Seja como for, a decisão de Emily não podia ser melhor, pois como eu disse, a atriz merece um seriado, ou filme que exijam mais dela, que ela apareça mais e não seja apenas mais um personagem, ainda mais quando ela e Holly são bem mais interessantes que todos os Walkers juntos. Sucesso a Emily e valeu por todos os anos de emoção em Brothers & Sisters.

Explore posts in the same categories: Brothers & Sisters

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

2 Comentários em “BROTHERS & SISTERS – A Righteous Kiss (5×04). Rebecca diz adeus…”

  1. Daniel Salvador Says:

    Um ótimo episódio considerando todo o enredo que envolveu Sarah, Luc e Cooper, principalmente!Mas um episódio que deixou um tanto quanto a desejar pela singela e mísera despedida de Rebecca.Já que é uma saída definitva que houvesse,então, mais emoção.Afinal, é disso que se trata a série,não??

    • markinseries Says:

      oi dani
      eu me emocionei muito mas solamente e apenas com as cenas de rebeca nesse episodio. foram lindas mas tbem acho q ela merecia algo mais forte e mais marcante, um ep quase q todo dela pra dizer adeus, ou vc viu algum walker se despedir dela? fazer uma despedida? nada ne.. continuaram com suas vidinhas. e todo esse ano q se passou nao mostrou nem antes nem agora algum dos walker ajudando, dando apoio a rebecca com a mae desse jeito. afinal em 1 ano a filha nao pode ver a mae pq holly nao lembra q tem uma filha entao kd nora e os filhos dando suporte a rebeca?

      enfim como sempre a serie só da foco nos walkers e nao em outros personagens dae acontece isso q vc citou ae, rebecca ja vinha a pelo menos duas temporadas sendo apagada na trama. uma pena para uma atriz de tao grande potencial.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: