Greys Anatomy: 7×04 – Can’t Fight Biology [Rafs Reviews]

O ser humano é formado pela sua personalidade, seu conjunto de conceitos e valores que são determinados no decorrer da sua vida, mas outras coisas são determinadas pelo nosso DNA ou como foi tratado neste episodio de GA, a biologia.

Em meio a tantos casos complicados e um até mesmo um tanto estranho neste episodio vemos mais uma vez o quanto a vida dos nossos doctors mudou nesta temporada. Meredith descobre que tem um útero hostil o que gera um problema pro casal que finalmente já estava se adaptando a idéia de ter um mckid e mostra que  não é só psicologicamente que a nossa protagonista é complicada.

Chefe Weber retornando com todo o gás ao seu cargo tenta ao maximo trazer dinheiro ao hospital que precisa voltar a ser o numero um de Seatle, e com isso trás á tona idéias mirabolantes como um outdoor com a foto de Derek como propaganda (será que ele andou assistindo Nursie Jackie?rs).

Cristina e Owen estão procurando um apartamento, mas até com isso Yang anda tendo problemas e foi necessária uma conversa muito franca com um paciente incomum que fazia de seu estomago um criadouro de vermes para uma pesquisa da cura da asma, para que ela acordasse e entendesse que nem tudo gira em torno dos seus  problemas e que a vida continua.

Com relação aos demais personagens, quem diria que April se tornaria uma amiga de Meredith, e dessa forma tanto ela quanto Avery esta morando no albergue MerDer, e alem disso temos uma Teddy triste depois da ida do seu psiquiatra e fica desnorteada com as tentativas de cantadas de Avery para conseguir umas cirurgias.

Episodio muito interessante, os casos emocionam muito, principalmente o do rapaz com o câncer na perna onde é cogitada uma amputação, mas que luta contra isso devido o balé e da senhorita com Huntington, doença muito grave e adivinhem? È hereditária! O que faz com que Meredith pense em avaliar as possibilidades de ter Alzheimer e como seria sua vida se tivesse.

Episodio mais calmo, muito interessante e que soube prender devido a junção dos casos e a vida dos cirurgiões como já é de costume. Não nos faz querer desesperadamente ver o próximo episodio, mas como já disse predeu a atenção, emocionou e nos fez pensar, finalizando com uma frase narrada que resume todo o episodio de uma forma muito bonita e intensa:

“A biologia diz que somos o que somos desde o nascimento. Que nossos DNA é gravado na pedra. Imutável. Mas o DNA não nos explica tudo que somos. Somos humanos! A vida nos muda. Paramos de competir, aprendemos com os nossos erros e enfrentamos os nossos piores medos. Por bem ou por mal, encontramos maneiras de superar nossa biologia. O risco, é claro, é mudarmos de mais, a ponto de não nos reconhecermos mais. Voltar pode ser difícil. Não há bussola, ou mapa. Devemos fechar os olhos, dar um passo e pedir a Deus que cheguemos lá.”

Explore posts in the same categories: Grey´s Anatomy, Rafa´s Reviews, Rafs Reviews

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: