GLEE – Britney/Brittany [2×02]

Britney/Brittany, 2º episódio dessa temporada de Glee responsável por muitas risadas e excelentes performances musicais. Eu não esperava muito de um episódio focado em Britney Spears, afinal não considerava interessante homenagear um ícone o qual não considero merecedor de algo. Porém Britney Spears, gostando ou não foi/é um ícone pop e de alguma forma poderia passar pela série e a abordagem foi suficientemente critica e ao mesmo tempo leve. Foram apontados os pontos negativos da conturbada vida da cantora, assim como um gesto de misericórdia ao não condená-la ou simplesmente resumi-la aos seus escândalos. De fato quem nunca se pegou cantando as musicas do inicio da carreira dela, de seus 3 ou 4 primeiros cds, por isso, esse episódio funcionou muito bem e as melhores partes ou as únicas melhores partes se resumiram as cenas com músicas de Britney Spears.

Então, no quesito Britney Spears o episódio foi excelente. Com a introdução de John Stamos na série como Carl, o namorado dentista de Emma, as crianças sob efeito de anestesia tinham seus sonhos com Britney e enquanto louvavam a cantora íamos vendo suas performances desde I´m slave for you cantada por Brittany até Me against the music com Brittany e Santana. Falando em Brittany (parte do nome do episódio) a atriz esteve divertidíssima e excelente, ótima cantora, ótima dançarina e foi sem duvida quem nos entregou as melhores pérolas do episódio e as melhores cenas, uma pena a série não ter aproveitado isso e dado mais espaço a ela no episódio e alguma trama. Porem ela dizer que é boa o suficiente e que a partir de agora tem confiança para solos foi muito bom e é isso que esperamos, solos para Brittany e Santana mas com músicas boas.

Artir também entrou no alucinógeno e cantou Stronger que ficou ótima na voz dele e tivemos a continuidade de sua trama que envolve a perda de Tina e a entrada no time de futebol. A treinadora deu uma chance a Finn e a Artie e os admitiu no time, mostrando que pelo visto ela é uma personagem boa. E eis que até então tudo fluía bem no episódio, as cenas musicais sobre Britney estavam bem encaixadas, os momentos cômicos eram ótimos e o roteiro se desenvolvia bem, até que de repente do nada parece que o episódio se perde e se limita a apenas essas boas partes do começo.

Primeiro veio a trama de Will e Emma, o que de fato era necessário mas novamente Will banca o adolescente inseguro e chato e o que salvou tal parte foi a entrada triunfal de Terri em cena que balançou o timing da cena tirando um pouco do meu sono em ver Will se abrindo para Emma. Pra piorar Will se resolve cantar Toxic com o Glee e foi patético. Sue em pequenas participações rendeu suas boas cenas como de costume mas só serviram para Will dar como resposta seu lado adolescente e infantil. Segundo ponto ruim foi novamente a série num episódio para Brittany abrir espaço para a protagonista Rachel. A traminha de insegurança por Finn voltar ao time de futebol foi chata e mais um solo no final do episódio com Rachel foi pior ainda. 2º episódio e 2º solo para a morena, e nenhuma apresentação em grupo. É assim que a série prometeu mudanças para essa temporada?

A trama de Rachel até é real. A mensagem de dar espaço para quem se namora, respeitar seus gostos pessoais, sua individualidade e aceitar a pessoa é válida, isso realmente acontece, porém a forma que Glee coloca as coisas são muito mal feitas. Do nada a aparece a trama, nunca de forma gradativa e da mesma forma que vem, some.

Enfim, o episódio foi bom mas pecou nos erros de sempre da série. Até metade parece que tudo ia bem e de repente o episódio se perde, deixa o lado Britney e vem com traminhas para Will e Rachel que só estragam o tempo em tela do seriado. Outra coisa foi Kurt implorar por Britney e não ter nenhum solo (talvez porque o próximo episódio seja dele) e Quinn novamente se resumiu a poucas cenas, aliás uma cena quando ela “ajuda” Rachel. Será que Quinn sente algo por Finn ainda?

Como eu disse senão fosse Britney e Brittany com suas pérolas, seu jeito sério de falar e nos fazer rachar de rir, o episódio seria mais um episódio chato dando muito espaço para Will e Rachel e pouco espaço para os demais, espero que a série melhore isso. Brittny provou que merece mais espaço e John Stamos que além de ator é cantor e dançarino provavelmente poderá ter isso aproveitado na série, afinal chega de Rachel não é, porque após seu terrível e sofrido Baby One More Time quero tirar folga de Rachel.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Glee

Tags: , , , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

2 Comentários em “GLEE – Britney/Brittany [2×02]”

  1. Fernando Says:

    2º episódio e 3º solo

    ela tbm cantou baby one more time

    to cada vez mais cansado de Rachel e Will…
    e ainda revoltado com a saida do matt.
    pra mim tira-lo foi um erro, seria mais facil e bonito coloca-lo como caso do kurt como esse menino loiro q chegou pra ficar com ele ¬¬’

    • markinseries Says:

      ate q enfim alguem q concorda comigo, eu tbem to cada vez mais cansado de rachel e will, num guento mais os 2 em cena, historias chatas e personagens insuportavelmente chatos.

      e sobre matt tbem nao curti ele ter saido, sacanagem com o ator, dae dao chance pra um sem graça entrar no lugar. nada a ver.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: