MAKE IT OR BREAK IT – Party Gone Out of Bounds (2×06) & What Are You Made Of? (2×07)

Agora sim, grande episódio de Make It or Break It, deixando qualquer fã a flor da pele com as emoções dessa semana. Tenso mesmo e preciso dizer que irritante também em alguns aspectos, mas de forma geral, triunfante em outros. Sasha e Payson seguem a meu ver, roubando cada vez mais as cenas e nos chamando a torcer por sua história. E já havia tempo que Emily não me emocionava tanto e que não me deixava na torcida por ela. Aliás dessa vez torci muito por Emily. E o episódio deixou clara a mensagem, há pessoas más, há pessoas erradas, há pessoas que irão tentar sabotar você ou atrapalhar o seu caminho, por vezes você nem irá perceber e poderá ser uma peça de xadrez nas mãos de pessoas assim, mas há algo maior que qualquer maldade e esse algo é você, seu talento e sua dedicação, portanto acreditando em si mesmo não há como nenhuma armação derrubar você. Mas antes de falar do episódio 7, What are you made of?, vamos ao episódio 6, que de tão fraco, nem fiz review.

Sobre o episódio 6, Party gone out of bounds, que pouco ou nada acrescentou a temporada, o divertido foi ver os casais Summer e Sasha, assim como Chloe e Steve. Talvez de importante nisso tudo foi Summer manter-se firme com Sasha. No campo das ginastas, nada importante ou interessante. Apenas uma festa de Austin onde Kaylie veio com seus papos e chiliques chatos, mas no final Payson a mostrar como ser líder e ser amiga e Austin também mostrou a Kaylie que ela pode voltar a ser a Kaylie de antes. E o gancho final foi Chloe descobrir que Lauren está dormindo com Carter. Episódio chato não? E honestamente em 2 temporadas de MIOBI, este foi o 1º episódio que achei bem desnecessário.

Episódio centrado no treino final da equipe nacional para descobrir quais meninas formaria o time mundial, com isso Mandy e Ellen Beals deram as caras de novo na série. E num episódio com Ellen Beals deixamos de odiar tanto a Lauren para se focar em todo o ódio por Ellen. Sejamos franco ela é ridícula e aqui entra uma das partes irritantes da série e do episódio. É gritante a perseguição dela por Emily, é nítida a falsidade e exigências com Kaylie e até mesmo Lauren cai fácil na armação de Beals. E eu me pergunto. Ninguém vê isso? Ninguém faz nada? Ninguém para essa mulher. As meninas da equipe nacional provovam Kaylie e Emily mas quem leva a juntada são as meninas do The Rock. Esses tipos de coisas irritam quem assiste e acredito que a intenção é essa mesma, pois é quando o roteiro parte para o sentido mais brega e fraco em termos de criatividade. Porém, eu gosto de pensar que Ellen está cavando a própria cova. O dia que uma das meninas se machucar, devido as cobranças e exigências além da capacidade física de cada uma delas, quem sabe Ellen se ferre.

E eu gostei muito do que a série fez por Marty, finalmente tiraram o ar de vilão e mal da história do treinador. Primeiro sua declaração pela mãe de Kaylie e depois sua visão e atitude de bom técnico com Emily e Kaylie, alem de concordar com Sasha. Tudo bem que Ellen conseguiu tira-lo de ação quando Marty se colocou contra ela, mas com certeza ele deixou sua mensagem.

E se Ellen quer tanto Steve como vencedor no The Rock e como cúmplice, porque será que ela deixou Lauren descobrir a verdade sobre o apoio financeiro que Emily vem ganhando? Será que foi um pequeno deslize ou foi parte do seu plano para tirar Emily da equipe, aliás porque todo esse ódio por Emily. A série não explicou e confesso que duvido que um dia explique porque Beals odeia tanto Emily. Gosto de pensar que Beals vê em Emily a chance que ela nunca teve. E como eu disse lá em cima Emily nos comoveu. Primeira a linda cena com o irmão dela e depois a cena com Chloe que dá um grande e belo conselho a filha e é quando Emily estufa o peito, encara Beals e faz uma boa série de solo garantido seu lugar na equipe.

Sobre Lauren eu desisto de falar. Suas alfinetadas, piadas de mau gosto, grosserias continuam a todo vapor e nada acontece com ela, ninguém faz nada e ainda ficamos ouvindo suas desculpinhas de ser assim pela falta da mãe. Fala sério, ela nem deveria andar junto com as meninas. Ela só não me irritou mais porque logo após a sua fala nojenta no começo do episódio (alfinetando Kaylie e o caso da mãe dela com Marty), a bitcch sumiu de cena e só foi aparecer quando destilou seu veneno revelando a verdade a Emily sobre os patrocinadores. E como eu disse, num episódio com Ellen, Lauren parece filhote. E sobre essa revelação teremos que ver como Chloe vai lidar com isso, já que foi enganada por Steve. Já Emily nos emociona, ao vestir de novo o uniforme da pizzaria e voltar a luta, mostrando que seguiu o conselho de Marty. Falando em Chloe está aí outra coisa irritante do episódio e da série, ao nos dar uma cena onde Chloe cai como um patinho na falsidade de Lauren, quando a loira se finge de inocente para Chloe não contar a Steve que ela vem transando com Carter.

Summer descobre a ligação de Steve com Ellen e propõe a mãe de Payson a se candidatar e lutar para ganhar na votação dos pais para o conselho. E eu gostei disso. Chega do povo mal ficar armando e se dando bem. E eu já esquecia de mencionar Kelly Parker que deu o ar da graça de novo e para minha surpresa ela até agiu como “amiga” de Kaylie ao alertá-la sobre sua magreza.

E após toda essa tensão do episódio com Ellen e Lauren aprontando, a minha favorita Payson novamente vem dosar toda essa maldade nos emocionando e até divertindo. Fala sério, aquela professora de balé era muito esquisita e até engraçada. Mas o mais especial foi ver Sasha indo fazer aulas de balé com Pay para mostrar a ela que a entende e a suporta. Lindo isso e o especial foi ele dizer e ensinar a ela que o caminho que a levara as olimpíadas é outro, diferente das meninas mas que ela chegará lá e que ele estará ao lado dela. Podem falar nas comunidades que Payson está gorda ou que tem um bundão (desculpem o termo) e que jamais ela teria vocação para ginástica com esse corpo, mas ela segue sendo a minha favorita.

Sem dúvida um ótimo epísódio, mantendo o nível que vimos nos 5 primeiros episódios, perdido no anterior, o 6º, que foi bem light e pouco emocionante, além de zero acontecimentos importantes. Vamos ver como será daqui para frente, agora que Ellen assumiu o posto de treinadora da seleção. Não sei vocês, mas estou louco para ver o tombo dessa bitch e se possível com Lauren junto. Só não posso esquecer do velho recado de sempre a Make It or Break It, Emily acorda, largar de chorar e sempre precisar de alguém para dizer o que fazer e roteiristas chega de passar a mãe na cabeça de Lauren. Ok ninguém vai ler isso mas acredito que é a sensação de muitos que vêem a série.

Explore posts in the same categories: Make It Or Break It

Tags: , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: