MAKE IR OR BREAK IT – The Eleventh Hour (1×11)

Excelente episódio de Make It or Break It, o 11º dessa temporada inicial – The Eleventh Hour”. Nunca dei muito crédito a série e talvez por isso veio a surpresa, pois esse episódio foi extremamente emocionante, real e profundo. Confesso que após o episódio 10 eu não fazia idéia que rumo a série iria tomar, com diversos conflitos encerrados e o drama da lesão de Paysson, mas a surpresa foi ótima. Alias esse episódio foi o retorno da série após a finale da primeira parte da temporada e realmente a série voltou muito bem, mostrando que tem fôlego para os 10 episódios finais dessa temporada.

O principal assunto do episódio sem duvida é o afastamento de Paysson do The Rock. A noticia que não poderá mais treinar devido a lesão nas costas, e as cenas mostrando ela andando com aparelhos e usando uma espécie de colete (perdoem a ignorância mas não sei o nome correto) foram chocantes. Aliás o início quando vemos ela num performance linda nas barras assimétricas e a realidade após isso, com ela tendo apenas imaginado tal cena foi brutal. A cena onde o pai conversa com ela, e ensina a filha a não mais segurar suas emoções e senti-las, demonstra-las foi de uma profundidade que tal cena fala por si mesma. Mais tarde com ela extravasando sua dor, quebrando tudo e o seu retorno ao ginásio sendo recebida como uma campeã, foram de encher os olhos de qualquer um. Cara, simplesmente lindo. Pense você viver a vida toda por um ideal, lutar para consegui-lo e perder isso? Perfeita retratação da dor de Paysson. Com tudo isso fica difícil se envolver com o drama de Kaylie, tendo dificuldades em agir como a campeã do evento do episódio anterior. Aliás a cena onde ela procura Paysson foi um tanto que egoísta, pois Paysson vive algo terrível, logo o “draminha” de Kaylie é muito pequeno diante disso tudo. Mas o final reservou uma cena esplendida entre as duas onde Paysson revela sua raiva, amargura e ainda diz a Kaylie para nunca sentir vergonha por ser uma campeã. Cenas arrepiantes. Lauren ajudou Carter a retornar aos treinos, aliás quando ela menciona Paysson no desfile achei válido, embora o motivo tenha sido por egoísmo. E parece que agora ela vai infernizar Nicky, ao descobrir sobre a cortisona. E por final Emily sofrendo o retorno de Razor, que fica magoado ao vê-la com Damon. Mas a essa altura da temporada já estamos todos torcendo por Damon e nem lembrávamos mais de Razor.

Sem mais muitas palavras, só repito que foi um episódio brilhante, digno de uma campeã e retratando uma dura realidade do mundo dos esportes. Eu me emocionei demais e agora fico na expectativa pela recuperação de Paysson e na espera de um milagre que a traga de volta a ginástica. Vou ser cruel mas ginástica não é futebol, não é fácil chegar ao topo, não são 2h de treinos 2x na semana, são treinos diários, as vezes 8h por dia. Pense então em depois de tanto empenho perder isso. Não é fácil. Mas o episódio deixou isso claro e valeu a pena em cada minuto no ar.

Explore posts in the same categories: Make It Or Break It

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: