BROTHERS & SISTERS – LIGHTS OUT (4X23)

Nem tudo na vida é como gostaríamos, nem tudo está em perfeita harmonia todo o tempo. Sarah finalmente conseguiu uma relação estável, conseguiu juntar os pedaços e refazer sua vida pessoal, encontrando a felicidade ao lado de Luc, mas vê outra parte de sua vida, a profissional, desmoronar. Acho que a vida é assim não é? Nem sempre tudo anda junto e bem, você consegue umas coisas, perder outras e tem que fazer o balanço e o máximo possível para se manter bem nessas fases. Em Lights Out, 23º episódio dessa 4ª temporada da série, acho que todas as luzes foram para Sarah, que brilhou no episódio e sem dúvida foi o centro de qualquer comoção. E o que será da vida dos Walkers agora sem a Ojai Foods? Será que eles irão reverter essa perda, conseguir a empresa novamente ou serão novos rumos? E Narrow Lake é apenas um local onde William queria construir uma casa para Norah ou tem algo mais lá? E Robert irá se despedir da série desse jeito mesmo, com essa trama arrastada e comprometendo a imagem do bom Robert que conhecemos até aqui? Espero que não. Mas tudo isso, só saberemos no próximo domingo, na season finale.

O episódio foi todo centrado na venda da Ojai Foods e em como isso afetou a todos. Sarah se sentindo imensamente culpada e um fracasso, carregando nos ombros toda a culpa de ter perdido a empresa da família, quando na verdade ela não foi a única a cometer erros. Tivemos Tommy, Saul e Holly que a meu ver sempre deu seu tudo para manter a empresa funcionando. Honestamente hoje em dia vejo a Ojai Foods como algo não somente dos Walkers mas de Holly também.

A parte de Nora apegada não apenas a lembranças e sentimentos, mas a questão física do prédio foi verdadeira. Acho que qualquer pessoa iria sentir isso, somos apegados a essas coisas e é difícil desassociar lugares e imagens físicas de pessoas, construções, ruas, etc. Para manter uma memória viva pelo máximo de tempo possível tentamos manter tudo como sempre foi, nos mesmos lugares. Mas o mundo atual não dá trégua. Pense por exemplo na rua onde você nasceu e se criou, olhe para ela 20 anos atrás ou 10 que sejam, e veja como está agora. Novas casas, novos moradores. Aquele parque ou campo de futebol hoje é um conjunto de casas e condomínio. A verdade é tudo que muda, e o que você pode fazer é manter tais imagens vivas dentro de você.

E mesmo a parte de Norah sendo mostrada de forma chata e cansativa, envolvendo seu antigo affair fez sentido na série. A cena que Sarah desmorona no ombro da mãe foi forte, assim como quando ela descarrega toda dor que sente numa discussão com o chato Kevin, com Tommy e o mais chato ainda Justin. Reparem que não chamei de Tommy de chato, acho que ele melhorou muito.

Confesso que quando vi Paige fazendo os vídeos, imaginei que teríamos fortes e emocionantes declarações, que a meu ver não vieram, o episódio só foi me tocar um pouco, quando Saul fala do que a Ojai é para ele e que é a única coisa que tem numa vida sem filhos e sem uma vida pessoal. E Paige de garota chata e irritante quando que ela ficou assim esperta?

Holly mesmo quase sem palavras e sem expressar muito sua dor, me tocou de certa forma. Talvez apenas os olhares que ela nos dava traduziam tudo o que sentia. Mas acho que faltou um destaque maior a ela. Na entrevista de emprego e após isso, foi comovente quando ela descobre que Rebecca conseguiu o cargo e aceita isso com humildade, mandando a filha aceitar a chance e não se sentir mal por ter competido com a mãe, mesmo sem saber.

Alias Rebecca mesmo estando nessa fase calma, de raras cenas fortes ou dramáticas, eu já disse que a atriz pode muito mais, mas infelizmente tem um texto péssimo em mãos para falar, foi talvez um dos personagens que mais evoluiu. Daquela Rebecca complicada e perdida da temporada 1, hoje em dia vemos uma mulher decidida, lutando pelo que quer. E tem algo mais normal que alguém procurar uma carreira, se achar nisso, se identificar e ficar feliz? Nossa, foi perfeito. E o que foi a idéia ridícula de Justin? Eles acabaram de casar, ele fez o pedido (repito isso) e agora o babaca de novo não sabe o que quer, quer ajudar sei lá quem o que, e ok, é nobre ele ter esse sonho e querer fazer algo pelo próximo, mas poxa que cara chato. Tem que por a mulher nisso, querer que ela desista da vida que ela conhece e quer para seguir ele pelo mundo, nessas idéias mirabolantes que ele tem? Qual é? O cara não pode cursar 7 anos de medicina? Eu não chamo isso de “vou atrás do meu sonho porque não posso esperar 7 anos para começar ajudar a alguém”, eu chamo isso de falta de disciplina e responsabilidade. O cara não consegue se apegar nem se comprometer a nada. E não me convence mais a idéia dele querer se encontrar e o que ele precisa é ir pro Haiti ou Afeganistão agora, ele é um chato e Rebecca já devia ter partido para outra há muito tempo.

Kevin, Robert e Kitty me recuso a comentar. Num episódio importante tivemos que ficar agüentando as ceninhas típicas, chatas e repletas de caras e bocas de Kitty e Kevin, com o assunto de piadinhas ou “ai eu não sou engraçada”, “ai eu sou engraçada”. Poupe-me. Não suporto Kitty em cena, e com Kevin é pior ainda.

A cena final das luzes sendo apagadas, mostrando todos os Walkers fazendo isso, inclusive Rebecca e Holly foi previsível, acho que desde o inicio do episódio já imaginava isso, e então foi clichê e comum, mas bela do mesmo jeito. Surpresa foi Scoty cantando, bela voz e pela primeira vez um silêncio entre os Walkers, algo raro, além de todos tomados pela comoção da cena.

Mas apesar de todo o episódio, Brothers & Sisters não me emocionou, não fiquei todo sensibilizado pelo episódio nem uma lágrima derramei. Sei lá, o episódio pode ter sido ótimo, talvez o melhor, mas não salva uma terrível, chata e arrastada temporada. Embora o assunto Ojai Foods tenha sido de longe e talvez a única boa trama dessa temporada, eu não consegui me envolver com o episódio muito menos com a série. Então vamos ver se a season finale faz alguma coisa, certo?

Anúncios
Explore posts in the same categories: Brothers & Sisters

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: