PATINAÇÃO ARTÍSTICA – FINAL FEMININA PATINAÇÃO VANCOUVER 2010 (OLIMPÍADAS DE INVERNO)

Com 1 dia de atraso, sim, isso mesmo, 1 dia, a Record exibiu nessa tarde de sexta-feira (26/02), a final da patinação artística feminina, no programa livre ou programa longo. Com uma pequena reprise das 6 melhores no programa curto, o canal iniciou a transmissão que foi pelo menos das 15h30 as 19h30 da noite. O canal exibiu na íntegra toda a final, com as todas competidoras, mesmo as sem chances de medalha, e o melhor ficou para o final, com as estrelas da competição. E sem dúvida, como eu disse num texto anterior sobre o assunto, a patinação artística está para as olimpíadas de inverno como a ginástica para as olimpíadas de verão. É sem dúvida a modalidade estrela dos jogos e essa final foi o maior destaque de toda competição. Porem a final foi na quinta (25/02) as 17h em Vancouver, 22h aqui no Brasil, mas a Record decidiu exibir não ao vivo e na tarde desta sexta. Enfim, não ser ao vivo é um problema, porque com a velocidade da informação, provavelmente hoje antes de ir ao ar o publico já sabia quem venceu, por outro lado, parabéns a record por exibir na integra a competição, sem cortes e dar a nós a chance de ver uma competição tão linda.

Tirando alguns erros na narração, alguns dizeres exagerados e repetitivos a la Galvão Bueno, a transmissão foi ok, só achei que faltou o comentarista falar durante a exibição das meninas e dos atletas e não após o fim. Mas melhor assim do que nada né? Quantas vezes eu virava todos os canais da tv procurando pelas competições de ginástica olímpica nas olimpíadas e nenhum canal mostrava, e dessa vez pelo menos pude ver algo que gosto sem cortes e interrupções. E o melhor, a Record irá exibir a noite de gala da ginástica neste sábado as 21h30. E vale a pena ver essas exibições de gala.

A final foi sensacional, a koreana deu um show de técnica e beleza, e Kim Ya-Na deu a Coreia do Sul a primeira medalha olímpica nessa modalidade alem de defender o título de atual campeã do mundo. Já sua principal rival, Mao Assada do Japão, a exemplo da prova masculina, perdeu pois ousou em saltos mais difíceis e não os concluiu perfeitamente. Destaque para mim, que merecia uma prata ou bronze foi a americana de apenas 16 anos, Mirai Nagasu, que fez uma apresentação linda, forte e perfeita. Mas o que nos emocionou foi de fato, a canadense, defendendo o país anfitrião dos jogos, Joannie Rochette, que precisou de toda força e fé ao enfrentar um duro baque na vida durante as competições, uma vez que perder uma mãe, é uma marca que se leva para o resto da vida. E foi emocionante ver como ela vibrava a cada salto completado. Superação e lição de vida a todos nós.

Alem dessa meninas, uma finlandesa surpreendeu a pegou o 6º lugar, Laura Lepisto e sua compatriota, Kira Korpi ficou em 11º lugar, mas levou o título de uma das mais belas, senão a mais bela atleta dos jogos.

E faltando 2 dias para o fim dos jogos, volto a falar aqui o que falei no outro texto sobre olimpíadas. O Brasil vai sediar uma olimpíada, e Brasil nesses jogos sempre é altamente cobrado por medalhas, mas eu pergunto, o que nosso governo faz para nossos atletas? Que modalidades tem espaço na mídia e tem favorecimentos do governo? Eu só sei de uma: o futebol. Estamos longe da preparação que ocorre em países europeus e nos Estados Unidos, que preparam seus atletas desde cedo e é uma continua “fábrica” de atletas, aqui os que vencem na maioria das vezes é por mérito próprio e isolado. Alem disso reparem na enorme quantidade de atletas brasileiros que chegam a finais olímpicas mas perdem, porque será? Porque falta ao atleta daqui, preparo psicológico, a vários fatores que fazem “brasileiros” se sentirem inferiores a certas nações do mundo, porém numa competição, tudo isso deve ser preparado. Alem de dar condições de treinamento, de se criar escolinhas desde cedo para diversas modalidades, deve-se instruir psicologicamente estes atletas. Enfim, são longos os passos para o Brasil se tornar uma potência do esporte, mas eu fico imensamente feliz por hoje ver atletas brilhando na ginástica artística, lembro de quando criança, como nas Olimpíadas de Seul, Barcelona e Atlanta, fica encantando com os e as ginastas e sonhando de um dia ver um brasileiro competindo de igual para igual, hoje isso ocorre, então, quem sabe as perspectivas não sejam boas para os atletas daqui, certo?

Talvez quando pararem de pensar só em futebol, em Ronaldo´s (aliás esse Ronaldo não serve de exemplo algum a ninguém) e verem que existem outros esportes, daí sim os atletas poderão ser cobrados numa olimpíada, até lá, eles já fazem muito!

Resultado – Final Individual Feminina:

1º – Kim Ya-Nu – Coreia do Sul

2º – Mao Assada – Japão

3º – Joannie Rochette – Canadá

4º – Mirai Nagasu – EUA

5º – Miki Ando – Japão

6º – Laura Lepisto – Finlândia

7º – Rachael Flatt – EUA

Explore posts in the same categories: Notícias

Tags: , , , , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “PATINAÇÃO ARTÍSTICA – FINAL FEMININA PATINAÇÃO VANCOUVER 2010 (OLIMPÍADAS DE INVERNO)”


  1. […] PatinaÇÃo ArtÍstica – Final Feminina PatinaÇÃo Vancouver 2010 (olimpÍadas De Inverno) […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: