MERLIN – THE FIRES OF IDIRSHOLAS (2X12)

Grande episódio de Merlin o 12º temporada, “The Fires Of Idirsholas”. Sem dúvida era disso que a série precisava, largar dos episódios isolados e avançar no destino de Merlin, Arthur e Morgana. E esse episódio foi sensacional, forte e tenso até o final. Eu realmente acreditei que poderia acontecer algo a Uther ou ao Reino, tudo parecia perdido. E sobre o destino de Morgana, comento mais a frente, mas confesso que foi bem triste o futuro da jovem lady. Morgause reaparece na série e com isso movimenta toda a trama, e ajuda a traçar definitivamente os destinos de Morgana e Merlin. Eu me perguntava, que fator levaria Morgana a escolher um lado, e nesse episódio, finalmente obtive a resposta.

O episódio começa com Morgause, invocando os cavaleiros de Medhir e os trazendo a “vida”, os quais podem destruir toda Camelot e encerrar tragicamente os destinos de todos. Alem disso Morgause tem uma conversa com Morgana e pergunta, de qual lado ela está e se quer Uther destruído. Morgana cansada de viver escondendo seus poderes, opta por escolher pela destruição de Uther, praticamente decidindo de vez seu destino na série, mesmo não sendo uma pessoa má e não tento total noção de sua escolha, pois destruir Uther não seria apenas destruí-lo, mas sim a todos em Camelot e o próprio reino. Com isso Morgause lança uma magia sobre o corpo adormecido de Morgana e ela se torna hospedeira de uma praga que faz todos adoecerem e dormirem em Camelot.

Arthur e seus cavaleiros vão a Idirsholas, obedecendo ordens de Uther, e são aniquilados pelos cavaleiros, apenas Merlin e Arthur volvam vivos de lá e encontram a cidade toda adormecida e para surpresa de Arthur, Morgana é a única acordada. Isso faz Merlin suspeitar que Morgana já sabia de tudo e o coloca numa difícil posição, alem de ficar nítido a raiva que ele sente por ela trair seu povo e conspirar não apenas pela destruição de Uther, mas de todo o reino também. Arthur fica o episódio todo questionando Morgana e Merlin a defendendo. Interessante é que Morgana tem consciência de tudo e não tenta se defender ou ao menos ajudar, ela fica numa difícil posição de medo e silêncio. O que considerei triste e falarei disso mais a frente.

Procurando o dragão, Merlin reafirma a promessa de liberta-lo e descobre que a única forma de acabar com tal maldição em Camelot é matando a hospedeira do feitiço, o que o deixa perturbado e se sentindo mal por ter o destino do reino e de Morgana em suas mãos. Até o momento final, você percebe o quanto ele sofre caso tenha que mata-la. E o dragão deixa claro que ela seria uma forte bruxa do mal e que já havia alertado Merlin sobre isso, mas Merlin preferiu não fazer nada contra ela, pela amizade que possuem.

E na grande cena quase no final, Merlin dá a Morgana uma água envenenada para beber. Sem dúvida foi a cena mais triste e forte de toda a série, pois Morgana já tem fãs suficientes e de fato nunca foi má, assim como ver Merlin sofrendo ao fazer algo tão mal e difícil, foi definitivamente uma triste cena de para os fãs da protegida de Uther. Morgana morrendo, totalmente chocada e perplexa por saber que Merlin causou isso e ele do outro lado se sentindo péssimo ao vê-la assim, além de toda a culpa, a pega em seu colo nos momentos finais, nos seus últimos suspiros e é quando Morgause aparece para salvar a irmã, e Merlin ordena que Morgause retire todo o feitiço e desista de destruir o reino, em troca da vida de Morgana. Se ela retirar o feitiço ele dará a cura para Morgana. Morgause aceita e quando todos já estavam acordados, Arthur e Uther, desaparece com Morgana aos olhos de todos. E dessa forma, o destino da linda lady foi sentenciado.

Sobre tudo isso, eu sempre me perguntei quando Morgana se tornaria má, já que ouvimos tanto o dragão falar isso e nesse quesito, eu questiono porque Morgana foi desamparada por todos, porque foi deixada de lado e teve que sozinha aprender sobre seus poderes e com isso fazer não má escolhas, mas não obteve escolhas o suficiente, pois num reino que proíbe magia, num reino com alguém tão tirado quanto Uther, o que faltou a ela foi orientação. Talvez se Gaius ou mesmo Merlin a tivessem acolhido, o destino da moça seria outro. Sabemos das lendas que ela é má e oponente de Merlin, e a série não poderia fugir disso a tornando discípula de Gaius, assim como Merlin. Mas por outro lado, não podemos culpá-la por querer ver Uther destruído. Pois para uma pessoa sozinha e perdida, a única visão de futuro ou esperança, seria com o fim do rei tirano. É claro que tal decisão, se concretizada, faria com Arthur e Morgana se afastassem para sempre, caso ele soubesse que ela tentou matar seu pai. Acho que o desespero a cegou e não a fez pensar nas consequências.

E então tudo a levou a esse caminho, o que considero muito triste. E o pior foi a decisão de Merlin, que numa outra cena forte, já sabendo do envolvimento de Morgana com Morgause, vê um cavaleiro se aproximar de Morgana para mata-la e ele não faz nada para salva-la. Eu jurava que ali ele deixaria seu coração falar mais alto como sempre e a salvaria. Mas não, escolheu proteger o rei que convenhamos, todos queremos fora da série. Só essa cena já seria motivo suficiente para Morgana se rebelar contra Merlin, então pensem o que ela fará quando voltar, sabendo que ele a envenenou. Uma pena e muito triste, pois confesso que sempre torci por uma forte amizade entre dois, ou que ela soubesse dos poderes de Merlin, para daí surgir algum motivo que os separassem. E nunca pensei que o motivo seria Merlin tentando matá-la.

E nesse ponto, faço a mesma pergunta que vi muitos fãs que comentaram o episódio fazerem. Que destino grandioso é esse onde Merlin, um feiticeiro assim como Morgana, vive escondendo seus poderes, tem que matar alguém que é igual a ele, tudo para proteger um rei que não merece tal proteção? Isso é revoltante se formos pensar. E é por isso que enquanto Morgana não voltar má ou totalmente do lado do mal, até o momento, não a culpo por suas decisões ou pelo caminho que tomou, pois tudo a levou a isso. Não teve auxilio de Gaius, nem de Merlin, nem de ninguém. Só foi acolhida pelo garoto druída e Morgause. E se a série trabalhar tal tema, o que gostaria, seria interessante Merlin carregar alguma culpa pelo destino da moça, não que o atormentasse, mas que pelo menos, mostrasse que ela não teve escolhas assim como ele. Sobre Merlin defender Uther a cada episódio, o que já vem me cansando, talvez a única explicação seja que se o pai de Arthur morrer por magia ou algo assim, a revolta de Arthur será tão grande, que mesmo assumindo o reino, manterá esse veto contra a magia em vigor.

Enfim, um grande e ótimo episódio. Muito tenso, triste e marcante. Finalmente Merlin acordou e rendeu um episódio que fez a série caminhar para outro nível. O tapa que Merlin deu na cara de Arthur, foi um momento “épico” por assim dizer, muito engraçado quebrando toda a tensão do episódio. A cena dele tentando acordar Gaius, outra divertida, mostrou que a série consegue navegar pelos assuntos mais obscuros e dramáticos da lenda principal dando a eles total densidade e um lado mais sombrio, porem sem esquecer desses momentos leves e descontraídos. Por fim, Merlin precisava cumprir sua promessa ao dragão e o libertar. E eis que finalmente o dragão é libertado, porém ele não fez questão de atender um pedido de Merlin, que seria não atacar Camelot. E agora ele é o último dragão de sua espécie, será que viverá mais de um episódio na série, ou encerrará sua jornada no próximo episódio? E Morgana voltará disposta a confrontar Merlin? E Merlin? Quando ao menos Arthur descobrirá seu segredo? Enfim essas e muitas outras perguntas, teremos que aguardar na season finale no próximo sábado, 19 de dezembro ou sofrer mais um pouco, com a volta da série para sua 3ª temporada ano que vem. Seja como for, Merlin nos deu essa semana, um episódio histórico, conseguindo ser ainda melhor e mais forte que o da semana passada e se manter esse nível, tal série terá tudo para ficar marcada como mais uma grande produção ao retratar as lendas do Rei Arthur, Morgana e Camelot.

Sinceramente, um episódio onde não apenas Morgana traiu seu reino ou seu rei, mas onde Merlin traiu uma amiga e a enganou, tristemente. Para tentar salvar a todos, escolhas difíceis e fortes e tristes, onde para a salvação de diversas pessoas, uma precisou não ser salva, mas sim, ser perdida.

Explore posts in the same categories: Merlin, Opinião

Tags: , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

4 Comentários em “MERLIN – THE FIRES OF IDIRSHOLAS (2X12)”

  1. FABIOTV Says:

    Olá, tudo bem? Não é que sou contra as séries que você comenta aqui, mas eu raramente assisto! Até deveria acompanhar mais hehe… Abraços, Fabio http://www.fabiotv.zip.net

  2. markinseries Says:

    hahauahauah
    td bem sim fabio, obrigado por passar aki de novo
    eu entendo vc, ate tem blogs de amigos sobre tv e novelas q nem posso comentar pq nem vejo nada hehee
    abraço

  3. Jaqueline Says:

    Eu adoro Merlin, e esse episódio foi realmente sensacional. Deu outra cara ao seriado.

    Parabéns pelo trabalho.
    Abraços.

  4. markinseries Says:

    oieee
    deu mesmo ne
    os eps 11, 12 e 13 da temp 2 fizeram a serie finalmente caminhar e abordar o q precisava
    obrigado do comentario e da força aki reconhecendo o trabalho
    bj


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: