UGLY BETTY – Blue on Blue (4×03)

ub403

Ugly Betty pode não ser mais a mesma série tão divertida e interessante das duas primeiras temporadas, nem dar a audiência que dava nessas temporadas, mas mesmo sem grandes histórias ou algo que deixe você ansioso pelo próximo episódio, eu devo admitir que me diverti muito com esse 3º episódio (Blue on Blue) da 4ª temporada. Amanda e Mark continuam me fazendo rir, e Betty com Matt nesse episódio me deixarem torcendo para que os 2 tentem se entender logo. Além do lado cômico, os momentos dramáticos mostram que Betty sabe emocionar quando pende para o drama. E nossa Betty como sempre, continua muito atrapalhada. Não sei o que foi, porque não foi um grande episódio e muito menos lançou tramas interessantes, mas foi um episódio tão característico, são 4 temporadas e os personagens não perderam a química nem sua essência e só o lado romântico do episódio, envolvendo Matt e Betty, foi suficiente para me deixar satisfeito com o que vi.

Falando do episódio, Daniel começou suas aulas para tentar controlar sua raiva – devido à morte de Molly. Durante a primeira aula, conhece uma moça nada convencional, mas que o ajuda bastante. Quando os 2 invadem uma piscina de não sei quem para curtir, eles têm uma conversa bem agradável, onde ela o aconselha a falar com Molly. A principio ele acha estranho, mas acaba fazendo isso, nos dando uma das cenas mais bonitas do episódio.

Mark dá ouvido a Wilhelmina e começa a sabotar Betty, devido a sua inveja pelo cargo que ela conseguiu e ele não. Apesar das maldades dele, alem das crueldades, não tinha como não rir de certas cenas, como quando Betty toda boazinha, dá um parabéns surpresa a Mark na agencia e ele – fazendo de tudo para ninguém saber do seu aniversario e sua idade – recebe o bolo falsamente, e imagina Betty em chamas. Alem disso, Mark foi longe demais dessa vez, usando Amanda para sabotar um encontro de Betty. Tal encontro de Betty poderia render uma ótima matéria para revista e consertar o estrago que ela causou no episódio anterior, prejudicando Matt também.

Amanda, apenas foi usada por Mark, saindo com Matt no mesmo local onde Betty estava com o rapaz da entrevista. Logicamente Matt ficou com ciúmes de Betty, Betty ficou com ciúmes de Matt, os dois imaginando que estavam ambos num encontro e o plano de Mark, acaba dando certo no final das contas. O cara que Betty entrevistava foi embora após toda confusão no restaurante. Falando no cara ele é o ator (Hamish Linklater) que faz o irmão de Christine em Old Christine. Mas foi toda essa confusão no restaurante que me fez entender um pouco o jeito de ser de Matt e sua dor, e torcer um pouco para que os 2 fiquem juntos. Mas vai saber o que os autores pretendem não é? No final Matt procura Amanda para se desculpar pelo jantar, Betty também à procura e é quando ambas descobrem que foram usadas por Mark, e apesar disso, Amanda diz a Betty que ela deveria seguir em frente e esquecer Matt, tudo porque aparentemente Amanda se interessou por ele. Juro que mesmo em se tratando de Amanda eu esperava uma atitude melhor dela. Ainda falando dela, essa temporada parece ser de uma mudança sutil para a loira avoada, ela aos poucos percebe que está na hora de ter algum conteúdo por trás de sua beleza. E ela resolveu sair com Matt porque achava que estaria ajudando ele dando conselhos sobre a revista e moda, uma vez que ele está num ramo onde não entende nada e descobrimos que até então seu maior interesse na revista, era se vingar de Betty. E Amanda enganada por Mark, acreditou ter algo intelectual a oferecer a Matt.

Falando em Mark, ele terminou o episódio isolado, Amanda ainda deu um tapa na cara dele. Betty deu uma boa lição também e o colocou no seu lugar. E a única companhia para ele foi Wilhelmina. Falando nela, ela foi atrás de Connor nas Bermudas, mas não conseguiu seu dinheiro de volta. Novamente Connor fez a mesma proposta a ela, e ainda por cima conseguiu seduzi-la novamente. Será que um dia ela resolverá largar tudo e ir com ele?

Enfim lendo assim realmente o episódio não parece aquelas coisas, a série tá fraquinha mesmo, mas, eu simpatizo com o elenco, personagens e então é gostoso de se acompanhar, mesmo estando longe de seus melhore dias. A cena do restaurante, dos ciúmes de Betty e Matt na verdade mais me irritou do que me fez rir. Queria que ela tivesse conseguido a matéria e não se distraído, e Hilda que costumo gostar, me pareceu um pouco forçada nessas cenas. Mas o final da mesma compensou muito. Quando Matt confessa a Betty seus defeitos e deixa subentendido que gosta dela ainda e por isso sofre, e depois ainda vai se desculpar com Amanda, me fez voltar a torcer pelo casal de novo. E tudo isso balançou Betty. E Matt pelo visto, vai deixar de tratá-la mal no trabalho. Realmente não somos perfeitos, quando há sentimentos no meio, quando há amor, e quando estamos machucados por este amor, dificilmente fazemos o certo e mostramos nosso melhor lado. As atitudes de Matt por piores que sejam não são anormais, eram uma forma dele exibir sua dor e também de alguma forma ainda ficar perto da pessoa que ama. Lógico que não é o certo a se fazer, mas quando se trata de amor, a razão nem sempre está nos guiando e sim um coração, ou apaixonado ou machucado. E Betty sacaneou ele no final da temporada passada com o retorno do insosso Henry.

O episódio teve diversas piadinhas, várias tiradas, entre elas dá pra citar quando Amanda fala a Matt que ele não poderia usar um material como ela para fazer ciúmes a algo como Betty, foi algo engraçado. Outra de Amanda é quando ela mete a mão na cara de Mark e diz, nós trapaceamos juntos então nunca mais me use para uma trapaça sua sozinha. Foi algo assim que ela quis dizer. Mark e Wilhelmina falando que de fato Betty tem um calcanhar de aquiles, essa e muitas outras piadinhas renderam ótimas risadas. E é claro, os momentos românticos e introspectivos que citei fizeram um bom contratempo. Foi um gostoso episódio, e eu espero que apesar da baixa audiência, a ABC permita a Betty ter um final e não a tire do ar antes de vermos Betty mais bonita e talvez com Daniel no final, embora até o momento, eu goste dos dois como amigos do que como um futuro casal.

Explore posts in the same categories: Opinião, Ugly Betty

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

2 Comentários em “UGLY BETTY – Blue on Blue (4×03)”

  1. Gustavo Says:

    NAo sei quando a Sony comeca com a 4 Temporada.. mais adoro a 3 e pelo o que eu estou vendo.. betty nao vai ficar com o carinha do antigo ape de em mahattan que e triste.. mais o diretor garantiu que nada esta vetado na 4 temporada .. betty pode sim ter alguma coisa com Daniel Meade.. espero que aconteca// alias ela esta linda nesta foto…
    parabens pelo comentario… muito bom.!

  2. markinseries Says:

    Obrigado Gustavo, pela visita e pelo comentário.. finalmente 1 coment aqui kkkkkkkkk
    entao sobre a temp 3 eu nao gostei do incio da temp nao, mais precisamente do 1º ep, pq pra mim negou tudo das 2 temps anteriores, só se falava em gio e henry e dae cortam tudo isso. e eu torcia por ela e gio. e sobre esse carinha do ap, o vizinho dele, como eu torcia por gio e betty, nao gostei da entrada dele na serie. hehee
    mas a tmep 3 vai apresentando otimos episodios depois e bem engraçados.
    sobre a 4, como nao leio spoilers nao sei o que eles pretendem fazer, e como a audiencia ta ruim, é capaz de mudarem ne?
    mas obrigado de novo pela visita. valeu!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: