GLEE – THROWDOWN (1X07)

glee 1x07

Sensacional, simplesmente é essa a palavra que posso usar para descrever esse episódio de Glee. Não é a toa que foi o episódio de maior audiência da série desde a estréia mês passado, fazendo 7,5 milhões. Como sempre Glee vem cheio de irreverência, fazendo sátira da sátira. o elenco está cada vez melhor e mais afinado, a edição das cenas é a mesma desde o piloto, o que dá a cada episódio uma agilidade incrível. Dessa vez ao contrário dos episódios  anteriores, gostei muito das músicas escolhidas, se encaixaram perfeitamente a trama. E o que falar da divertida e maquiavélica Sue (Jane Lynch) que sem dúvida deu um show de interpretação em Throwdown.

Só a cena inicial entre Sue e Will discutindo, em câmera lenta, me lembrando  o filme Curtindo a vida adoidado, e a música clássica de fundo – intensa e dramática, deu um amostra do que viria pela frente. Sue continua fazendo de tudo para afundar o Glee Club, até separou o grupo em duas turmas, falando sobre minorias. E essa idéia por pior que seja a intenção de Sue teve seu lado bom, porque separados, finalmente vimos uma grande e ótima apresentação de Mercedes cantando Hate on me, black music pra uma “black power voice”. Destaque para Kurt que me matou de rir dançando nessa música. Como eu disse, Sue fez tudo isso com a pior das intenções, para realmente atacar o Glee Club, mas a idéia de minoria vista por outro panorama, nao deixa de ser verdade, porque solos musicais são apenas para Finn e Rachel, os demais raramente cantam sozinhos. Podem até cantar como aconteceu com Mercedes em Bust your windows, mas na hora de uma apresentação oficial do Glee, é Rachel que sempre canta os solos. Mas tudo bem, achei esse episódio tão excelente, tanto na trama quanto nas músicas que não me incomodei ao ver Rachel e Finn mais uma vez cantando.

E a irreverência e humor negro continuam não é ? Lembram como Sue chamou os alunos para sua turma ? Asian, gay kid, etc.. Só Glee para ser tão politicamente incorreta. Mas na última briga entre Sue e Will, as crianças viram que estavam sendo prejudicadas com isso tudo e deram uma boa lição em Sue, voltando a ser uma turma só, todos unidos. Achei bonito os garotos do futebol carregando o Artie. E como Will disse no final, “vocês são minoria, são apenas 12 e precisam cuidar um dos outros, se unirem”. Ou seja, Sue tentou tanto prejudica-los que acabou os ajudando. Tem uma cena ainda quando o grupo estava dividido em dois, onde eles se encontram e cantam Ride wit me do Nelly, e me pareceu que pela primeira vez a série não usou playback e eles realmente cantaram de verdade, ok, isso me assustou um pouco, a animação deles estava ótima, a cena foi ótima, mas vocalmente falando, enfim, fiquei assustado.

Em outras tramas, talvez o único defeito do episódio sob meu ponto de vista, foi como a mulher de Will conseguiu ludibriar um médico para atuar como seu comparsa. Na verdade a irmã dela fez isso. Enfim, foi a única cena que me deu raiva, não pelo o que ela fez, pois não me admiro com isso, mas sim por ser algo típico de novela, grotesco e absurdo demais. Porque mesmo sabendo que a classe médica não é das melhores, não seria tão fácil ou talvez até possível um médico se sujeitar a isso. De interessante, foi ver a emoção de Will ao ver seu filho, bela emoção dele, mas triste porque sabemos de toda mentira por trás.

Quinn que aparentemente havia se desligado de Sue, nesse episódio voltou a servir de espiã para a técnica diabólica. Rachel que sofreu com um nerd atrás dela o episódio todo, teve que fazer coisas nada ortodoxas para ele não publicar no blog a gravidez de Quinn. Como todos sabem ela só fez isso por estar apaixonada por Finn, mas talvez haja alguma bondade no coração de Rachel e por menor que seja fez por consideração a Quinn. Tudo bem exagerei agora, Rachel é um pouco egoísta, faz tudo pela música, sua grande paixão, mas não tem um coração ruim a ponto de realmente odiar Quinn, inclusive a cen final, foi linda justamente pelo apoio de Rachel a Quinn cantando olhando pra ela sempre. Emocionante! Por outro lado Quinn percebeu ainda mais a ligação de Rachel e Finn, confesso que morri de dó dela na música No air. Fala sério quem iria agüentar ver a pessoa que namora, cantando tão apaixonamente uma canção de amor com outra pessoa, que também retribui os sentimentos. Quinn foi muitoooooooooooooo profissional, não sei como ela não atirou os microfones em Rachel. Foi uma ótima cena, ótima música, só difícil de me convencer que apenas 3 vozes, uma delas masculina conseguiriam fazer o back vocal atrás para Finn e Rachel. Fora isso, pra mim foi comovente ver Quinn nessa cena. Quinn que teoricamente deveríamos não suportar, vem sendo uma das personagens que simpatizo e nesse episódio seu drama realmente me comoveu.

Ainda sobre Quinn, de certa forma o episódio foi dela também, além de Sue – Quinn vai comfrontar Rachel que admite ter feito tudo para ajuda-la mas por causa de Finn. E ae que temos uma boa lição de moral de Rachel pra cima de Quinn, dizendo que ela não deveria confiar em Sue, pois se ela soubesse da gravidez, Quinn estaria em apuros. E então que fazem aquelas cenas chatas onde o personagem sai cantando do nada no meio do episódio, MAS, adorei Quinn cantando, e por mais absurdo que pareça, achei a cena totalmente aplicável naquele momento, a letra tudo a ver com o drama de Quinn, uma bela montagem e resultou muito legal.

E dito e feito, ao final do episódio, com o Glee já reunido novamente, Sue solta seu veneno final, anunciando a gravidez de Quinn. Novamente me senti tocado por Quinn e seu drama. Keep holding on fez para mim uma das cenas mais belas do episódio, e talvez da série até aqui. Todos emocionalmente cantando, unidos, juntos, se apoiando, se ajudando. Acho que mais um pouco meus olhos meio que mais umedecidos iam precisar de lenços nessa cena, porque achei muito linda. A música com sua letra retratou todo o drama de Quinn, e também tudo que precisa, apoio e dos amigos. Embora tenha sido novamente Rachel e Finn solando, adorei a apresentação. As vezes poderia ser mais “RBD” com cada um cantando um pedaço, mas fora isso, esse foi um episódio que mexeu realmente comigo. Foi engraçado em diversas cenas, foi ótimo musicalmente, e foi emocionante quando precisou ser e funcionou!! E novamente, a cena Keep holding on foi memorável, linda, tocante, senti todos unidos, não só pela música, mas como amigos, tocados pelo drama de Quinn e sendo talvez pela primeira vez, simplesmente amigos! Pra mim, o melhor episódio disparado, talvez eu seja do contra mesmo, já que todos amaram o 5º episódio e eu detestei, mas esse foi lindo demais, pra encher os olhos de qualquer um na última cena, graças a uma linda e emocionante performance! Finn pegando na mão de Quinn e Rachel ao final, pouco antes da música totalmente perdido e assustado mas tentando dar apoio a Quinn e Rachel vendo tudo, e depois dando apoio a Quinn durante a apresentação, tudo isso nos mostra que nosso coração tem mais mistérios e atitudes que as vezes nem pensamos ser capazes de tê-las…

Explore posts in the same categories: Glee, Opinião

Tags: , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

5 Comentários em “GLEE – THROWDOWN (1X07)”

  1. suavesom Says:

    Hááá, assisti o 7° epis ás 3h30min…rs
    O que foi esse espis gente? Simplesmente perfeito, adorei todas ás músicas, mas amei quando o grupo se juntou e cantaram sen gravação em estúdio. Confesso que rolou uma lágrima no final que foi emocionante demais.
    Amigo seu blog é demais viu? Continue assim e não desanima com ele como eu fiz com o meu.. haha..

  2. Lee Says:

    Episódio fantasticooo!

    Fica dificil falar sobre, quando se tem um nó na garganta! :’)

    Incrivel, que continue assim!

  3. Rafs Says:

    Esse epi foi otimo mesmo!
    Ponto s fortes foram a interpretação da Sue (meu, ela é ótima! fato!)
    O drama de Quinn (tbem acho que o epi foi dela!)
    A musica final, o grupo unido, a musica, quinn, rachel e finn! musica linda, apresnetação memorave e emocionante d mais!

    Tamem mne assustei com eles todos cantando juntos! nossa, sera q ali só mercedes, rachel, tina, artie fin e quinn cantam de verdade? Ou pior, nem todos eles? *_* MEEEEEEEEEEEDO!

    EM SUMA, O CAPITULO FOI ÓTIMO!

  4. Laís Says:

    GENTE QUAL É O NOME DA ULTIMA MUSICA DESSE EPISÓDIO EU PRESCISO SABER URGENTE


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: