DESPERATE HOUSEWIVES – Being Alive (6×02)

being-alive-photo

E o 2º episódio de Desperate Housewives foi bem satisfatório, bom de se acompanhar, não me cansou, como sempre a série as vezes encontra seu eixo novamente e faz as coisas bem feitinho. Continuo achando as narrações de Mary Alice excelente, tanto no início de cada episódio como principalmente no final. Com isso foi um episódio regular, ótimas tiradas e piadinhas, altas emoções nos momentos certos, uma mudança de planos e dessa vez toda a vizinhança já desconfia e suspeita dos novos vizinhos e isso deu um bom fôlego a série. Agora é torcer que ela continue assim, pois já vi várias vezes Desperate começar bem suas temporadas e da metade em diante trazer episódios cansativos.

Vamos começar falando de Gaby, enfim Gaby continua Gaby e é uma das dona de casas que mais me divirto e simpatizo. Estou adorando cada dura que ela dá naquela adolescente chata que entrou na série. Gosto quando Gaby impões sua personalidade e atitude. A cena dela dando conselhos a mesa a chata Ana foi bacana, melhor ainda as cenas com os policiais e Gaby querendo usar a arma deles ou o cacete contra a menina e termina dizendo “ta vendo porque eles são assim hoje em dia? É culpa de vocês que não nos permitem mais bate-los”

Lynete segue com seu drama, com essa gravidez indesejada. Vamos ver se seu marido infantil e aborrecente, dessa vez se torna mais homem e companheiro e a ajuda a enfrentar isso. E é interessante como os autores sempre dão a carga dramática a essa talentosa atriz, e de fato, é a melhor do elenco, talvez por isso carregue as tramas mais pesadas.

Katherine se encaminha para se tornar uma bitch, ou não, mas sempre é bom dizer que Dana Delany combina bem com esse papel mais impiedoso e mal. Sutil a cena em que ela sutilmente da em cima de Mike novamente. Bree parece que finalmente está se descobrindo ao lado de Karl. Ok ela nunca foi muito santa, apenas gostava de se fazer passar por, mas talvez nessa relação com ele, ela se descubra mais, assim como ele talvez abandone esse lado canalha, pois conseguiu a maior conquista que poderia ter.

E Susan, a meu ver, a mais chata das donas de casa e com histórias mais entediantes, porém a série, gostemos ou não, sempre se foca nela. O episódio girou em torno do ataque que July sofreu e rendeu boas histórias. Bree descobre que Susan não aceitaria que nenhuma amiga sua ficasse com Karl, e agora Bree tem que lidar com isso. Com o ataque a sua filha, Karl mostrou-se muito mais humano e na cena do hospital pede para Bree ficar com ele, pede apoio a ela. Lynete conta a Susan que July está grávida, num primeiro momento Susan se irrita ao ver que a filha contou a sua amiga sobre a gravidez e não a ela. Mas ao final isso rendeu a cena mais bela do episódio, onde Lynete conta da sua gravidez a Susan, e essa a ajuda a aceitar melhor o fato.

Com o ataque de July e a ligação dela com o filho do novo casal da rua, todos suspeitam dele. Ana tenta encobri-lo e Gaby descobre, e gentilmente dá um aviso na mãe do garoto. Os homens de Wysteria Lane passam a desconfiar do novo casal, assim como Karen que sempre descobre os assassinos do bairro, e ela nessa temporada ganhou um namorado, o que foi bacana, já que não tem Eddie como sua amiga. Gostava muito de Karen com sua irmã ou prima, não lembro agora, que participou da temporada anterior, mas um namorado cai bem a ela também. Ah não sei se foi impressão minha, mas será que vem algo pela frente entre Katherine e Olson. E Andrew até agora não apareceu. E July mesmo meio desacordada viu seu pai com Bree, e agora?

Enfim, um episódio que mostrou o que vem pela frente sem o famoso gancho ao fim do episódio. Pelo visto serão muitas tramas, mistérios, e o novo casal do bairro que se cuide, pois todos já estão de olhos nele. Desperate pode não ser mais o grande sucesso que um dia foi, mas ao menos entrete, acabou se tornando o tipo de série que você vê sem esperar muito ou se comprometer, mas continua interessante.

Explore posts in the same categories: Desperate Housewives, Opinião

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: