OLD CHRISTINE – Bahamin Rhapsody e Burnning Love (5×01 e 5×02)

THE NEW ADVENTURES OF OLD CHRISTINE

Ok, vamos lá, primeira tentativa de uma resenha sobre uma sitcom. Na real não sou um telespectador assíduo de sitcons, raramente gosto de alguma ou acompanho, então não domino muita coisa sobre o gênero, mas The New Adventures of Old Christine é uma daquelas que consegue tirar de mim boas risadas e me deixa com vontade de assistir mesmo que muito raramente. Não acompanhei toda a trajetória da série, vi alguns episódios isolados e por indicação de um amigo resolvi ver a final da temporada 4 e vi os 2 primeiros episódios da 5ª temporada. Mas logicamente vocês não estão interessados em falar de mim, ou sobre minha “relação” com sitcons, logo, vamos a Old Christine.

Old Christine é uma sitcom com um ótimo potencial, sempre manteve muito bem os índices de Two Hald and a Man nas noites de segunda, onde tinha uma grande audiência, mas pelo que percebi ela não conseguiu manter isso sozinha, sem um lead-in forte. Nos vários testes que a CBS fez com a série, mudando-a de horário, exibindo inclusive as 20h30 da noite antes de Two half a man e sendo escolhida definitivamente pelo canal para tentar criar um novo bloco de comédias nas noites de quarta, a série mostrou que não tinha fôlego sozinha. Logicamente ser escolhida para abrir uma nova noite e servir de lead-in para Garry Unmarried enfrentando o trovão American Idol, mostra o quanto o canal acreditava na série, porém com índices não tão satisfatórios, ela todo ano sofre o medo do cancelamento.

Mas Old Christine com ou sem números tão bons, consegue divertir muito na sua meia-hora de exibição. É sempre criativa, tem ótimas tiradas, e mesmo eu não curtindo Seinfield, posso dizer que Christine na pele dessa excelente atriz quebrou a maldição pós-seinfield – onde o elenco da série não conseguia emplacar novas séries – e já está a 5 anos no ar.

O final da temporada 4 terminou no casamento de Richard e da nova Christine, onde ela não aparece na cerimônia após ver seu noivo com a velha Christine. Barb conheceu um pretendente mas ele era agente de imigração e acabou levando ela presa, Matthew se apaixonou pela irmã da nova Christine que é de Londres e a velha Christine reencontrou um amor do passado, o pai da nova Christine. Ficou com ele e descobriu que ele estava noivo. Num primeiro momento todos felizes por se apaixonarem e largarem sua miserável vida solitária e num segundo momento todos chocados e tristes com as armações do destino, e tudo isso acompanhado de muitas gargalhadas.

O episódio Bahamian Rhapsody, inicia a 5ª temporada com Barb presa, Richard fazendo de tudo para voltar a nova Christine e uma viagem cômica de old Christine e Matthew a Bahamas. A nova Christine não quis nada com Richard e no final do episódio para evitar a deportação de Barb sabemos que ela se casou com Richard. Burnning love, o 2º episódio mantém o ótimo tom de deboche e piadas, Richard está em depressão por perder a nova Christine e, para animá-lo a old Christine promove um encontro com amigos da faculdade. O encontro sai pela culatra e ela se sente mal, velha, porque todos os amigos estão muito mais velhos, com isso ela e Richard resolvem aproveitar mais a vida. Do outro lado Matthew e Barb vão a casa da nova Christine para apanhar as coisas de Richard e Matthew ajuda a garota a enfrentar o luto pela perda do casamento, até então ela agia indiferente. E com isso Matthew ajuda até demais e ela fica realmente revoltada, Richard vai atrás dela tentar uma reconciliação, pois fica todo animado ao saber que ela está com raiva dele e agora é aguardar os próximos episódios para ver no que isso vai dar.

Parecem cenas simples, mas a forma com que tudo é tratado é muito engraçado. Dá uma nova perspectiva de diversas situações e assim você percebe que mesmo uma sitcom, que é algo leve, sem comprometimento ou muita reflexão, consegue tratar coisas cotidianas de forma muito irreverente e engraçada, nos faz rir de nós mesmos. Quantos já não amaram, sofreram, tiveram que lidar com o luto da perda, seguir adiante, pensar em como “perdeu” tantos anos ao lado de alguém… No caso da old Christine, perceber o drama da idade, ao ver pessoas que conviveu estarem tão velhas, perceber que ela está envelhecendo. Um leque de situações muito comuns a todo mundo. E tudo isso apresentado em um universo mais adulto e leve, do que todo o draminha que costumamos ver em séries teens que pretendem ser dramáticas, mas aí você para e pensa, “poww eles tem 16, 18 anos, falam do grande amor da vida deles, que querem passar a vida juntos, meu Deus o que eles sabem da vida? O quanto a vida deles vai mudar ainda…” e então você cai na real, que a vida não é assim, tem muita coisa pela frente. Dessa forma Old Christine diverte muito, sem pretensão, você se dá meia-hora de relaxamento, risos, sem pensar em nada, esvazia a mente, e finge que a vida é tranqüila. De vez em quando precisamos disso!

É isso, Old Christine está de volta, e considero entre as sitcons atuais, sem dúvida uma das melhores. Vale a pena, se dê a esse momento lazer e fique um pouco relax em frente a tv!

Explore posts in the same categories: Opinião, The New Adventures od Old Christine

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: