Glee – The Rhodes not taken (1×05)

glee105-7

Parece que todos amaram o 5º episódio de Glee (The Rhodes not taken), só vejo elogios e todos dizendo que gostaram muito. De fato foi um episódio engraçado, aliás bem engraçado, mas acho que sou do contra mesmo, porque foi um episódio que não gostei muito de algumas coisas. Na verdade tava tudo ali no episódio, as ironias, diversas cenas cômicas, personalidade dos personagens, muitas músicas, mais do que os episódios anteriores, e eu ri em várias cenas, porém na questão roteiro, idéias achei bem entediante.

A participação de Kristin Chenoweth como April Rhodes, uma ex-aluna popular e famosa na época de colégio, de fato rendeu muitas cenas cômicas, foi bem divertido. E os fãs de Pushing Daisies devem ter ficado muito animados com isso, pois o seriado voltou a fazer mais de 7 milhões de telespectadores. E ela mostrou também que pode cantar ao substituir Rachel no Glee. Mas pra mim já é a segunda história envolveno Will (primeira acafellas) que considero bem desagradável. Parece que ele insiste em viver no passado e agora vai atrás de um ex-amor do colégio, na verdade ele coloca-la no colégio e em Glee novamente atendeu mais objetivos pessoais dele do que do grupo. Então se toda vez que tivermos uma história sobre Will e novamente vermos ele agir como adolescente buscando suas coisas adolescentes do passado, continuarei não me interessando por suas histórias da série. April rendeu risadas, cantou bem na chatinha Maybe this time, idem a Last Name – onde nem pareciam um grupo e sim dançarinos onde April era a estrela principal e rendeu um ótimo dueto com Will cantando Alone, no final temos uma redenção da personagem reconhecendo seus problemas e principalmente que o tempo é outro agora, nem ela, nem Will vivem mais seus 17 anos. Will também reconhece seu erro e a tira de Glee fazendo o que devia ter feito desde o começo, que era acreditar no grupo e fazer o grupo acreditar em si mesmo.

E com isso vem outro problema que me incomodou no episódio, o fato da série insistir em tratar Glee como um grupo onde o maior destaque é Rachel. Realmente ela canta muito bem, mas é um coral, um grupo, acho que todos merecem atenção igual, de acordo com seu talento. E esse episódio mostrou um grupo que não acredita em si ainda e precisava do retorno de Rachel, ou seja, ela é a estrela máxima. Não gosto disso. Nem a redenção no final de Rachel me convenceu, por mim ela podia não ter se apresentado na final para tomar uma lição, nem o grupo te-la aceito novamente tão rápido. Podiam se apresentar sem ela, mostrar que são capazes e após ver isso, Rachel adquirir um pouco mais de humildade e daí sim voltar a Glee. A música Somebody to love também não me agradou tanto e apenas provou a mim que Mercedes ou Tina podiam fazer o solo da música perfeitamente, sem precisar de Rachel.

Sendo um grupo novo, entendo a insegurança e a falta do acreditar em si mesmo, mas daí partir pra dependência de Rachel pra tudo não acho a melhor saída. Tanto que mesmo Finn tendo sacaneado Rachel ao induzi-la a voltar a Glee, eu gostei do que ele fez com ela. Quanto ao Will também entendeu nessa busca por seus momentos de glória, não está realizado no momento, tem um casamento complicado então as vezes o passado o conforta. Mas tudo isso me rendeu um episódio que imaginei ser bem diferente, ao começar com Don´t stop believin e Quinn cantando, imaginei que seria “O episódio”, no fim com o passar das cenas e idéias apresentadas foi me cansando. Foi engraçado? Foi, muito, a forma que April usou para conquistar a todos em Glee foi divertida, mas no mais foi apenas isso, engraçado. Espero que foquem mais nos componentes de Glee, porque histórias com/sobre Will que envolvam mais ele sem Emma, estão fracas e chatas. E ótimas as lições que Emma deu em ele nesse episódio.

Peço desculpas pela resenha, mas realmente o episódio não me agradou, até estou me sentindo um “et” porque ao que me parece, todos gostaram. Enfim, continuo gostando de Glee e vamos ver como serão os próximos episódios!

Explore posts in the same categories: Glee, Opinião

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: